Parente promete acelerar seu feirão

Petrobras, comandada por Pedro Parente, vai acelerar a venda de seus ativos neste segundo semestre; nova etapa do "feirão de Parente" foi confirmada nesta sexta-feira, 11, pelo diretor financeiro e de relações com investidores da Petrobras, Ivan Monteiro; "Já levamos ao mercado informações como o IPO [abertura de capital, na sigla em inglês] da BR [Distribuidora], temos os gasodutos do Nordeste, o segmento de petroquímico, de biocombustíveis", disse Monteiro, em teleconferência com analistas para comentar desempenho da empresa referente ao segundo trimestre, que registrou lucro de R$ 316 milhões, 15% menos em relação ao mesmo período do ano passado

Petrobras, comandada por Pedro Parente, vai acelerar a venda de seus ativos neste segundo semestre; nova etapa do "feirão de Parente" foi confirmada nesta sexta-feira, 11, pelo diretor financeiro e de relações com investidores da Petrobras, Ivan Monteiro; "Já levamos ao mercado informações como o IPO [abertura de capital, na sigla em inglês] da BR [Distribuidora], temos os gasodutos do Nordeste, o segmento de petroquímico, de biocombustíveis", disse Monteiro, em teleconferência com analistas para comentar desempenho da empresa referente ao segundo trimestre, que registrou lucro de R$ 316 milhões, 15% menos em relação ao mesmo período do ano passado
Petrobras, comandada por Pedro Parente, vai acelerar a venda de seus ativos neste segundo semestre; nova etapa do "feirão de Parente" foi confirmada nesta sexta-feira, 11, pelo diretor financeiro e de relações com investidores da Petrobras, Ivan Monteiro; "Já levamos ao mercado informações como o IPO [abertura de capital, na sigla em inglês] da BR [Distribuidora], temos os gasodutos do Nordeste, o segmento de petroquímico, de biocombustíveis", disse Monteiro, em teleconferência com analistas para comentar desempenho da empresa referente ao segundo trimestre, que registrou lucro de R$ 316 milhões, 15% menos em relação ao mesmo período do ano passado (Foto: Aquiles Lins)

247 - A Petrobras, comandada por Pedro Parente, vai acelerar a venda de seus ativos neste segundo semestre. A nova etapa do "feirão de Parente" foi confirmada nesta sexta-feira, 11, pelo diretor financeiro e de relações com investidores da Petrobras, Ivan Monteiro.

"Já levamos ao mercado informações como o IPO [abertura de capital, na sigla em inglês] da BR [Distribuidora], temos os gasodutos do Nordeste, o segmento de petroquímico, de biocombustíveis", disse Monteiro, em teleconferência com analistas para comentar desempenho da empresa referente ao segundo trimestre, que registrou lucro de R$ 316 milhões, 15% menos em relação ao mesmo período do ano passado (leia mais).

Monteiro confirmou a manutenção da meta de desinvestimentos de US$ 21 bilhões para o biênio 2017-2018 e destacou que as mudanças regulatórias adotadas pelo governo, visando maior competitividade dos leilões no setor, são "altamente benéficas" para o programa de parcerias e venda de ativos da Petrobras.

A companhia também informou que prepara uma emissão em renda fixa no mercado de capitais nacional - mas não informou o prazo. Segundo o diretor financeiro, a Petrobras não planeja fazer captações no mercado internacional neste ano.

Monteiro reafirmou que a companhia pretende refinanciar dívida, com vencimento em 2018, para reduzir o montante a vencer no próximo ano, por ser período eleitoral, lembrou. Historicamente, no Brasil, anos eleitorais são mais voláteis para mercado de ações.

As informações são do jornal Valor Econômico

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247