Paulo Guedes ameaça abandonar o Mercosul

O ministro da Economia, Paulo Guedes, ameaçou nesta quinta-feira (15) com a saída do Brasil do Mercosul caso o candidato Alberto Fernández, de oposição ao neoliberal Maurício Macri, vença as eleições no país vizinho

O ministro da Economia, Paulo Guedes.
O ministro da Economia, Paulo Guedes. (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

247 - O ministro da Economia, Paulo Guedes, ameaçou nesta quinta-feira (15) com a saída do Brasil do Mercosul caso o candidato Alberto Fernández, de oposição ao neoliberal Maurício Macri, vença as eleições no país vizinho.  

Guedes se soma assim à chantagem econômica contra o eleitorado argentino, para salvar o governo aliado.   

“E se a Kirchner quiser fechar (o Mercosul para acordos externos)? Se quiser fechar, a gente sai do Mercosul. E se quiser abrir? Então vou dizer ‘bem-vinda moça, senta aí’”, afirmou o ministro, em evento do banco Santander em São Paulo.  

Guedes minimizou um agravamento da crise no país vizinho e seu impacto para o Brasil. Segundo ele, a indústria automotiva só é tão afetada porque a economia brasileira é muito fechada. “Nosso foco é recuperar a nossa dinâmica de crescimento. Desde quando o país, para crescer, precisou da Argentina?" - questionou.  

As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247