Petrobrás diz irá recorrer de multa de R$ 7 bi aplicada pelo Carf

A Petrobrás afirmou que irá recorrer da decisão tomada pelo Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) em cobrar cerca de R$ 7 bilhões referentes a autuações feitas pela Receita Federal;  ações se referem a cobranças do PIS/Cofins e da Cide, referentes aos anos de 2010 e 2012, sobre as remessas internacionais para o pagamento de afretamento de embarcações destinadas à exploração de petróleo

Petrobrás diz irá recorrer de multa de R$ 7 bi aplicada pelo Carf
Petrobrás diz irá recorrer de multa de R$ 7 bi aplicada pelo Carf (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

247 - A Petrobrás afirmou que irá recorrer da decisão tomada pelo Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) em cobrar cerca de R$ 7 bilhões referentes a autuações feitas pela Receita Federal. As ações se referem a cobranças do PIS/Cofins e da Cide, referentes aos anos de 2010 e 2012, sobre as remessas internacionais para o pagamento de afretamento de embarcações.

Por meio de nota, a estatal afirma que irá recorrer da decisão junto "à Câmara Superior e a companhia tomará as medidas cabíveis em prol dos seus interesses e de seus investidores". A Petrobrás destacou, ainda, que o Carf já deu início a outro julgamento sobre o mesmo assunto para a cobrança da Cide e PIS/Cofins, referentes aos anos-base de 2011 e 2012, de cerca de R$ 12 bilhões.

Ainda segundo a estatal, o relator teria votado favoravelmente pelo cancelamento das cobranças e que "a expectativa é de que a votação continue em janeiro de 2019".

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247