Petrobras nega venda de participação em Libra

A Petrobras negou que esteja considerando, no momento, a venda de participação área de Libra, na Bacia de Santos, adquirida na 1ª Rodada de Licitação do Pré-Sal, em outubro de 2013; a empresa desmentiu notícias de que estaria em negociações com a companhia indiana ONGC Videsh para a venda de uma fatia em Libra

plataforma petrobras
plataforma petrobras (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil

A Petrobras negou que esteja considerando, no momento, a venda de participação área de Libra, na Bacia de Santos, adquirida na 1ª Rodada de Licitação do Pré-Sal, em outubro de 2013. A empresa desmentiu notícias de que estaria em negociações com a companhia indiana ONGC Videsh para a venda de uma fatia em Libra.

Em nota, a companhia informou que, conforme divulgado em 29 de junho deste ano, foi aprovado o um plano de desinvestimento da empresa equivalente a US$ 15,1 bilhões para o biênio 2015 e 2016. Por causa deste plano, a Petrobras analisa oportunidades de desinvestimentos nas diversas áreas de atuação. "Porém não está considerando, neste momento, a venda de participação na área de Libra", apontou.

A empresa disse que a carteira de desinvestimento "é dinâmica e a concretização destas oportunidades depende de condições negociais e de mercado".

A participação da Petrobras na área de Libra (40%) é feita por meio do consórcio formado por mais quatro empresas: a anglo holandesa Shell (20%), a francesa Total (20%) e as chinesas CNPC (10%) e CNOOC (10%).

Na época, a empresa avaliou que Libra é uma das acumulações mais promissoras da área do Pré-Sal e a participação do leilão era estratégica e alinhada aos fundamentos do Plano de Negócios e Gestão 2013-2017 da Petrobras.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email