Petrobras perde quase R$ 75 bilhões em valor de mercado em um dia, 2ª maior perda desde o Plano Real

A maior companhia do Brasil, a Petrobras encolheu R$ 102,5 bilhões desde sexta, quando Bolsonaro anunciou troca do presidente-executivo da companhia

(Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Petrobras sofreu nesta segunda-feira (22) a segunda maior perda de valor de mercado em um único dia na Bolsa desde o Plano Real. Segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica, a estatal encolheu R$ 74,2 bilhões apenas no pregão de hoje.

Esta é a maior queda percentual das ações desde 9 de março de 2020, quando os papéis preferenciais derreteram 29,7% com a crise do coronavírus, a pior desvalorização diária da petroleira da história, segundo dados da Economatica.

O tombo acontece depois de Jair Bolsonaro anunciar que o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, seria substituído pelo general da reserva Joaquim Silva e Luna, que era diretor-geral da Itaipu.

As ações preferenciais da companhia desabaram 21,51%. As ordinárias, com direito a voto, caíram 19,96%.

Desde sexta-feira, a estatal já acumula quase R$ 102,5 bilhões de perda de valor de mercado com a desvalorização de seus papeis na Bolsa brasileira.


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email