Petroleiros anunciam que entram em greve a partir de sábado

"Diante da intransigência da Petrobras em negociar os pontos apresentados pela FUP para melhoria de acordo coletivo, encaminhados à empresa e ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) no dia 26/09, não resta outra alternativa aos petroleiros senão o exercício legítimo de greve", informou a FUP em comunicado

247 - A Federação Única dos Petroleiros (FUP) e Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) anunciaram nesta terça-feira (22) que iniciarão greve a partir de 0h do próximo sábado (26). 

Segundo o jornalista Nicola Pamplona, da Folha de S. Paulo, Paralisação foi comunicada à Petrobrás após ser aprovada em assembleias na semana passada que rejeitaram proposta de acordo coletivo mediado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST).

"Diante da intransigência da Petrobras em negociar os pontos apresentados pela FUP para melhoria de acordo coletivo, encaminhados à empresa e ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) no dia 26/09, não resta outra alternativa aos petroleiros senão o exercício legítimo de greve", informou a FUP.

Petrobras e os sindicatos vêm negociando com mediação do TST desde o início de agosto, quando venceu o prazo do acordo coletivo de trabalho. Em 19 de setembro, o tribunal apresentou uma proposta final, a princípio rejeitada pelos sindicatos mas levada a votação nas últimas semanas.  

Ao vivo na TV 247 Youtube 247