PIB da zona do euro registra alta recorde de 12,7% no terceiro trimestre

Produto Interno Bruto nos 19 países que usam o euro cresceu 12,7% entre julho e setembro na comparação com o trimestre anterior, após uma queda de 11,8% nos três meses anteriores

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - A economia da zona do euro se recuperou com muito mais força do que o esperado no terceiro trimestre depois da contração provocada pela pandemia nos três meses anteriores, mostraram dados preliminares da agência de estatísticas da UE, devido principalmente ao salto na Itália, França e Espanha.

Mas os preços ao consumidor continuaram a cair em outubro como esperado, estimou a Eurostat, pressionados pela queda dos custos de energia apesar dos preços mais altos de alimentos, álcool e tabaco.

A Eurostat informou que o Produto Interno Bruto nos 19 países que usam o euro saltou 12,7% entre julho e setembro na comparação com o trimestre anterior, após contração de 11,8% nos três meses anteriores. A expectativa em pesquisa da Reuters era de avanço de 9,4%.

Na base anual, no entanto, a produção econômica da zona do euro recuou 4,3%, depois de contração de 14,8% no segundo trimestre nesta base de comparação.

Em outubro os preços ao consumidor caíram 0,3% sobre o ano anterior, como esperado por economistas em pesquisa da Reuters, mesma taxa de setembro. Na base mensal houve alta de 0,2%.

Os preços de energia despencaram 8,4% na comparação anual, compensando o aumento de 4,3% nos preços dos alimentos não processados.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247