Pochmann: Bolsonaro planta ventos e colhe tempestades

O economista Márcio Pochmann afirmou que, "em pleno 5° ano de estagnação na renda e PIB rodando 5,1% abaixo do de 2014, o acesso a bens básicos desaba no início de 2019, já apontando para possível retorno recessivo"; "Governo Bolsonaro ao fazer e falar só em cortar e destruir, planta ventos para logo colher tempestades", disse

Pochmann: Bolsonaro planta ventos e colhe tempestades
Pochmann: Bolsonaro planta ventos e colhe tempestades (Foto: Elza Fiúza - ABR)

247 - O economista Márcio Pochmann afirmou que, "em pleno 5° ano de estagnação na renda e PIB rodando 5,1% abaixo do de 2014, o acesso a bens básicos desaba no início de 2019, já apontando para possível retorno recessivo".

"Governo Bolsonaro ao fazer e falar só em cortar e destruir, planta ventos para logo colher tempestades", escreveu o estudioso no Twitter.

O pesquisador também criticou a política educacional do governo Bolsonaro.

"Educação pública universal e de qualidade segue os desejos, inclusive liberais, que acreditam na meritocracia diante da igualdade de oportunidades na partida (ensino igual).Projeto de educação domiciliar é pré-república e antiliberal. Só no anarcocapitalismo de Mises e Bolsonaro", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247