Pochmann sobre Reforma da Previdência: Brasil pode regredir à República Velha

"No país em que 1 a cada 4 brasileiros procura por emprego e avança a substituição das ocupações repetitivas pelo progresso tecnológico, Bolsonaro propõe, a quase todos, trabalhar mais e ganhar menos, se ganhar, pela 'nova' previdência'. Uma visão do atraso como projeto de Brasil", afirmou o economista Márcio Pochmann; "O Brasil pode regredir à República Velha (1889-1930), quando pobreza era caso de polícia num país agrário sem proteção social"

Pochmann sobre Reforma da Previdência: Brasil pode regredir à República Velha
Pochmann sobre Reforma da Previdência: Brasil pode regredir à República Velha (Foto: Elza Fiúza - Agência Brasil)

247 - O economista Márcio Pochamnn bateu duro na proposta de Reforma da Previdência entregue pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (20) à Câmara dos Deputados. De acordo com o pesquisador, "o Brasil pode regredir à República Velha (1889-1930), quando pobreza era caso de polícia num país agrário sem proteção social".

"Com a 'nova previdência' proposta por Bolsonaro, o empobrecimento maior contaminará, para além dos idosos, a juventude na excludente sociedade de serviços", disse ele no Twitter.

Segundo o estudioso, "no país em que 1 a cada 4 brasileiros procura por emprego e avança a substituição das ocupações repetitivas pelo progresso tecnológico, Bolsonaro propõe, a quase todos, trabalhar mais e ganhar menos, se ganhar, pela 'nova' previdência'. Uma visão do atraso como projeto de Brasil".

"Como o objetivo maior parece ser o de inviabilizar o sistema público de aposentadoria e pensão para implantar o regime de capitalização, a 'nova previdência' de Bolsonaro tende a se transferir dos postos de atendimento do INSS para o banco que, por acaso, vier a te aceitar", continuou.

"Para o governo Bolsonaro, a palavra reforma não significa melhorar ou aprimorar, mas excluir, pois sua proposta para o sistema público de aposentadoria e pensão visa destruir o que resta da política atual de proteção social estabelecida na Constituição Federal de 1988", acrescentou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247