"Preço dos alimentos deve cair nos próximos meses"

Ministro da Fazenda, Guido Mantega diz que o governo deverá tomar todas as medidas necessárias para manter a inflação sob controle; "Estamos esperando uma safra melhor e os preços de alimentos deverão voltar a cair para um patamar mais razoável nos próximos meses", comentou, lembrando que o país deverá colher uma safra recorde este ano

"Preço dos alimentos deve cair nos próximos meses"
"Preço dos alimentos deve cair nos próximos meses" (Foto: Marcelo Camargo/ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fernanda Cruz
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – O ministro da Fazenda Guido Mantega disse hoje (5) que o governo deverá tomar todas as medidas necessárias para manter a inflação sob controle. "O governo está atento e não permitirá que a inflação fuja do controle", declarou Mantega após o anúncio da elevação do limite de faturamento para as empresas que optam pelo programa de lucro presumido, regime que permite pagamento menor de Imposto de Renda.

Ele apontou as condições climáticas desfavoráveis para a agricultura, como a seca, como fator importante na elevação dos preços. "Estamos esperando uma safra melhor e os preços de alimentos deverão voltar a cair para um patamar mais razoável nos próximos meses", disse. Ele lembrou que o país deverá colher uma safra recorde este ano.

O ministro destacou ainda que a taxa de inflação no país está caindo a cada mês e que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mostra trajetória descendente.

O ministro também declarou que espera um crescimento um pouco maior da economia no primeiro trimestre deste ano. Ele citou como fator positivo para a economia o bom faturamento da indústria automobilística no país, que registrou um crescimento de 20% em março deste ano, na comparação com fevereiro. "Houve uma grande expansão", avaliou.

Edição: Juliana Andrade

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email