Preços de commodities devem subir com taxação de aço pelos EUA, diz Ford

Ford disse que as tarifas de aço e alumínio anunciadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, poderiam aumentar os preços de commodities no país e prejudicar a"competitividade dos fabricantes americanos"; Ford notou o impacto das tarifas mesmo que a montadora compre"nos EUA a maior parte do aço e alumínio para a produção nos EUA"; em janeiro, a Ford alertou que os preços mais altos de metais, como alumínio e aço, seriam um peso significativo para os resultados neste ano

Ford disse que as tarifas de aço e alumínio anunciadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, poderiam aumentar os preços de commodities no país e prejudicar a"competitividade dos fabricantes americanos"; Ford notou o impacto das tarifas mesmo que a montadora compre"nos EUA a maior parte do aço e alumínio para a produção nos EUA"; em janeiro, a Ford alertou que os preços mais altos de metais, como alumínio e aço, seriam um peso significativo para os resultados neste ano
Ford disse que as tarifas de aço e alumínio anunciadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, poderiam aumentar os preços de commodities no país e prejudicar a"competitividade dos fabricantes americanos"; Ford notou o impacto das tarifas mesmo que a montadora compre"nos EUA a maior parte do aço e alumínio para a produção nos EUA"; em janeiro, a Ford alertou que os preços mais altos de metais, como alumínio e aço, seriam um peso significativo para os resultados neste ano (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - A Ford disse nesta sexta-feira que as tarifas de aço e alumínio anunciadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, poderiam aumentar os preços de commodities no país e prejudicar a"competitividade dos fabricantes americanos".

Em declaração, a Ford notou o impacto das tarifas mesmo que a montadora compre"nos EUA a maior parte do aço e alumínio para a produção nos EUA". Em janeiro, a Ford alertou que os preços mais altos de metais, como alumínio e aço, seriam um peso significativo para os resultados neste ano.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247