“Prestigiada” por Temer Maria Silvia prefere sair do BNDES

Em post no Tijolaço, o jornalista Fernando Brito ironiza o suposto prestígio que Maria Silvia Bastos Marques, que pediu demissão do BNDES nesta sexta-feira, tinha junto a Michel Temer; segundo ele, Maria Silvia caiu porque fechou os empréstimos do BNDES, provocando reclamações generalizadas dos empresários

Foto Lula Marques/Agência PT
Foto Lula Marques/Agência PT (Foto: Charles Nisz)

Fernando Brito, no Tijolaço

“O BNDES mudou em meu governo. A presidente Maria Silvia moralizou o BNDES, colocou ordem na casa, e tem meu respeito e meu respaldo para fazê-lo.” - Michel Temer, 2ª-feira, na Folha

“A presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques, pediu demissão nesta sexta (26)” - Folha Online, hoje, às 16h54min

Maria Silvia não tinha nem o respeito nem o respaldo de Michel Temer.

No Estadão, há exato um mês atrás: O presidente Michel Temer ouviu de empresários que se reuniram com ele na última quinta, em São Paulo, uma saraivada de críticas à presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos. Foi dito que sob a gestão da executiva o banco está inoperante, fechado para tudo e para todos. “É um time que não conhece a máquina. Só anda lá o Bê-a-Bá”, resumiu um empresário. Segundo o relato de um dos presentes, Temer disse que já havia recebido reclamações e que, diante da contundência das queixas, vai chamar a executiva para resolver as pendências. Após o jantar com o presidente, um empresário comentou que a única forma de “resolver pendências” é trocar a presidente do BNDES.

A questão é que Maria Silvia fechou os financiamentos do BNDES, vitais para a economia brasileira. Queda de 35% em 2016 e mais uma redução de 16% no primeiro bimestre deste ano. O BNDES é a única fonte de crédito viável para as empresas brasileiras e esta fonte secou, em grande parte porque Henrique Meirelles obrigou o Banco a antecipar o retorno de nada menos do que R$ 100 bilhões em Títulos do Tesouro, que ajudavam a lastrear suas operações com taxas de juros equalizadas.

Agora, no caso JBS, Maria Silvia, aparentemente, não topou atropelar o corpo técnico do banco e entrar na onda policialesca de dizer que os empréstimos às empresas dos Batistas foram um mau negócio para o banco, porque não foram (ou não eram), porque representaram um naco considerável da maior empresa mundial de proteína animal em poder da instituição, e isso é dinheiro, muito dinheiro em garantia. Seja como for, é um abalo no que resta do Governo Temer, a área econômica. Por enquanto.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247