Produção de petróleo da Petrobras cai em setembro

Produção no Brasil caiu 6,7% ante agosto, para 2,06 milhões de barris por dia (bpd), devido, principalmente, a paradas programadas de grandes plataformas; no acumulado do ano, porém, a produção de óleo atingiu média de 2,132 milhões de barris de petróleo por dia, um volume ainda acima da meta traçada pela companhia para 2015

plataforma petrobras
plataforma petrobras (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de petróleo da Petrobras no Brasil em setembro caiu 6,7 por cento ante agosto, para 2,06 milhões de barris por dia (bpd), devido, principalmente, a paradas programadas de grandes plataformas, com destaque à parada da plataforma P-52, para manutenção, conforme comunicado divulgado nesta sexta-feira.

No acumulado do ano, a produção de óleo no Brasil atingiu média de 2,132 milhões de barris de petróleo por dia, um volume ainda acima da meta traçada pela companhia para 2015, de 2,125 milhões de barris/dia, o que seria um crescimento de 4,5 por cento ante 2014.

A produção de óleo e gás natural operada pela Petrobras na camada pré-sal em setembro ficou na média de 1,028 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boed). A empresa atingiu volume recorde de 1,12 milhão de boed no pré-sal em 15 de setembro.

No mesmo dia, a Petrobras extraiu um recorde de 901 mil bpd de petróleo em campos operados por ela no pré-sal.

A produção média de petróleo e gás natural da companhia no Brasil e no exterior em setembro foi de 2,72 milhões de boed, após um recorde histórico de 2,88 milhões de boed em agosto.

(Por Gustavo Bonato)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email