Produção industrial tem nova queda em outubro, diz CNI

Pesquisa de Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI aponta que a produção industrial no Brasil voltou a cair em outubro, apesar de ser ais intenso que no mês anterior; dados mostram que o índice de elevação de produção ficou em 44,6 pontos ao longo do mês de outubro; em setembro indicador foi ainda menor, chegando a 42 pontos

Pesquisa de Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI aponta que a produção industrial no Brasil voltou a cair em outubro, apesar de ser ais intenso que no mês anterior; dados mostram que o índice de elevação de produção ficou em 44,6 pontos ao longo do mês de outubro; em setembro indicador foi ainda menor, chegando a 42 pontos
Pesquisa de Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI aponta que a produção industrial no Brasil voltou a cair em outubro, apesar de ser ais intenso que no mês anterior; dados mostram que o índice de elevação de produção ficou em 44,6 pontos ao longo do mês de outubro; em setembro indicador foi ainda menor, chegando a 42 pontos (Foto: Paulo Emílio)

Mariana Branco, repórter da Agência Brasil - A produção industrial voltou a apresentar queda em outubro, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI), que divulgou hoje (23) a pesquisa Sondagem Industrial.

Os dados mostram que o índice de elevação de produção ficou em 44,6 pontos no mês passado. Os indicadores do estudo variam de 0 a 100 e valores abaixo de 50 indicam queda.

O indicador de elevação de produção não ficava abaixo de 50 pontos em um mês de outubro desde 2011, quando marcou 48,8 pontos. A CNI destacou que a queda ocorreu mesmo tratando-se de um mês em que a produção costuma crescer em relação a setembro.

Apesar do recuo, a produção industrial foi mais intensa do que em setembro deste ano, quando o indicador de elevação de produção ficou menor ainda, em 42 pontos. Em outubro de 2014, o índice teve um resultado melhor, ficando em 50,8 pontos.

No mês passado, a indústria operou, em média, com 66% de utilização da capacidade instalada, 7 pontos percentuais abaixo do resultado em outubro de 2014. Já o índice de evolução do número de empregados no setor ficou em 42,2 pontos, o que sinaliza diminuição no total de pessoas empregadas.

A Sondagem Industrial foi feita de 2 a 12 de novembro em 2,4 mil indústrias do país. Desse número, mil são pequenas, 870 médias e 536 são indústrias de grande porte.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247