Projeção de queda do PIB sobe para 2,8% em 2015

Para 2016, pesquisa Focus do Banco Central reduz a projeção do crescimento do PIB de -0,80% para -1,00%; no caso da taxa básica de juros, a previsão da Selic para 2015 foi mantida em 14,25% e elevada para o ano que vem de 12,25% para 12,50%; para o câmbio, as previsões foram subiram de R$ 3,86 para R$ 3,95 ao fim de 2015 e mantida em R$ 4 em 2016

Para 2016, pesquisa Focus do Banco Central reduz a projeção do crescimento do PIB de -0,80% para -1,00%; no caso da taxa básica de juros, a previsão da Selic para 2015 foi mantida em 14,25% e elevada para o ano que vem de 12,25% para 12,50%; para o câmbio, as previsões foram subiram de R$ 3,86 para R$ 3,95 ao fim de 2015 e mantida em R$ 4 em 2016
Para 2016, pesquisa Focus do Banco Central reduz a projeção do crescimento do PIB de -0,80% para -1,00%; no caso da taxa básica de juros, a previsão da Selic para 2015 foi mantida em 14,25% e elevada para o ano que vem de 12,25% para 12,50%; para o câmbio, as previsões foram subiram de R$ 3,86 para R$ 3,95 ao fim de 2015 e mantida em R$ 4 em 2016 (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO - Economistas de instituições financeiras revisaram as suas estimativas para diversos aspectos da economia brasileira, de acordo com a pesquisa Focus do Banco Central revelada nesta segunda-feira (28).

A previsão de retração do PIB (Produto Interno Bruto) em 2015 caiu de 2,70% para 2,80%. Para 2016, os economistas reduziram a projeção do crescimento do PIB de -0,80% para -1,00%.

De acordo com o documento divulgado nesta segunda-feira, 28, pelo BC, a mediana das previsões do mercado financeiro para o IPCA de 2015 subiu de 9,34%, para 9,46%, ainda acima do teto da meta estabelecida pela autarquia de 6,5% ao ano. Já para 2016, a previsão subiu de 5,70% para 5,87%

No caso da taxa básica de juros, a previsão da Selic para 2015 foi mantida em 14,25%. Para 2016, a previsão também foi elevada de 12,25% para 12,50%.

Para o câmbio, as previsões foram elevadas de R$ 3,86 para R$ 3,95 ao fim de 2015. Já para 2016, a previsão foi mantida em R$ 4,00.

Por fim, a previsão para a balança comercial em 2015 foi elevada de US$ 10,00 bilhões para US$ 11 bilhões. Já para 2016, a projeção subiu de US$ 21,30 bilhões para US$ 23,50 bilhões.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247