Reforma de Guedes pode aumentar em 10% mensalidades do ensino superior privado

No caso do ensino superior privado, de acordo com o estudo, o imposto adicional recairia especialmente sobre as classes média e baixa, com renda familiar per capita de até R$ 3.145

Paulo Guedes
Paulo Guedes (Foto: Tânia Rêgo - ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A reforma tributária do ministro da Economia, Paulo Guedes, pode aumentar de 6% a 10,5% a mensalidade de escolas e instituições de ensino superior particulares, se aprovada, segundo informou a jornalista Monica Bergamo, em sua coluna no jornal Folha de S.Paulo. 

O projeto de lei entregue pelo governo ao Congresso unifica PIS e Cofins para criar uma Contribuição sobre Bens e Serviços, cuja sigla adotada pelo governo é 

A, jornalista informa qu, no caso do ensino superior privado, de acordo com o estudo, o imposto adicional recairia especialmente sobre as classes média e baixa, com renda familiar per capita de até R$ 3.145. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247