Rombo previdenciário bate recorde e avança para R$ 318 bilhões em 2019

A Secretaria do Tesouro Nacional informou nesta quinta-feira (30) que o déficit previdenciário aumentou 10% e R$ 318,441 bilhões em 2019. Foi o maior rombo da série histórica

Moedas de 1 real
Moedas de 1 real (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Secretaria do Tesouro Nacional informou nesta quinta-feira (30) que o déficit previdenciário aumentou 10% e R$ 318,441 bilhões em 2019, contra R$ 289,413 bilhões (valor corrigido) no ano anterior. Foi o maior rombo da série histórica. 

O valor é referente à soma dos rombos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), sistema público que atende aos trabalhadores do setor privado, dos Regimes Próprios dos Servidores Públicos (RPPS) da União, além do sistema dos militares e do Fundo Constitucional do DF (FCDF).

No INSS, o rombo subiu de R$ 194,318 bilhões, em 2018, para R$ 213,299 bilhões no ano passado, alta de 9,8%. Nos regimes próprios dos servidores civis, houve um aumento de 14,3% (R$ 46,468 bilhões para R$ 53,090 bilhões).

O rombo do regime dos servidores militares subiu 7,2% (R$ 43,853 bilhões para R$ 47,015 bilhões). O rombo do Fundo Constitucional do DF (FCDF) avançou de R$ 4,774 bilhões, em 2018, para R$ 5,037 bilhões em 2019, um aumento de 5,5%.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247