Rombo primário do setor público deve passar de 11% do PIB em 2020, diz Mansueto

Inicialmente, o Ministério da Economia havia previsto rombo primário de R$ 708,7 bilhões para o setor público consolidado, equivalente a 9,9% do PIB

(Foto: REUTERS/Pilar Olivares)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O Ministério da Economia divulgará na terça-feira a revisão das suas projeções para as contas públicas, afirmou nesta segunda-feira o secretário do Tesouro, Mansueto Almeida.

Em coletiva virtual de imprensa, ele disse ser “basicamente certo” que o Brasil está caminhando para déficit primário superior a 11% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano.

Em sua última conta, o Ministério da Economia havia previsto rombo primário de 708,7 bilhões de reais para o setor público consolidado, equivalente a 9,9% do PIB. O cálculo havia considerado uma retração do PIB de 4,7% para este ano.

Por Marcela Ayres

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247