Santander e banco dos Brics fazem parceria para projetos de infraestrutura no Brasil

Santander Brasil e o New Development Bank (NDB), o chamado banco dos Brics, anunciaram parceria para investimentos em projetos de infraestrutura no país; foco está em projetos de energia renovável, mobilidade urbana, rodovias e ferrovias; O NDB, criado em 2015 por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, já tem uma carteira de projetos de cerca de US$ 300 milhões no país

Santander Brasil e o New Development Bank (NDB), o chamado banco dos Brics, anunciaram parceria para investimentos em projetos de infraestrutura no país; foco está em projetos de energia renovável, mobilidade urbana, rodovias e ferrovias; O NDB, criado em 2015 por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, já tem uma carteira de projetos de cerca de US$ 300 milhões no país
Santander Brasil e o New Development Bank (NDB), o chamado banco dos Brics, anunciaram parceria para investimentos em projetos de infraestrutura no país; foco está em projetos de energia renovável, mobilidade urbana, rodovias e ferrovias; O NDB, criado em 2015 por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, já tem uma carteira de projetos de cerca de US$ 300 milhões no país (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O Santander Brasil e o New Development Bank (NDB), o chamado banco dos Brics, anunciaram nesta quarta-feira um parceria para investimentos em projetos de infraestrutura no país.

O acordo deve enfatizar projetos de energia renovável, mobilidade urbana, rodovias e ferrovias, disse o diretor de mercado de capitais do Santander Brasil, Rafael Noya.

O NDB, criado em 2015 por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, já tem uma carteira de projetos de cerca de 300 milhões de dólares no país, disse o presidente-executivo do NDB, o brasileiro Sergio Suchodolski, por videoconferência.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247