Sindicato cobra reintegração dos demitidos da Webjet

Sindicato Nacional dos Aeronautas cobra da Gol reintegração dos 850 funcionários da Webjet demitidos no final de novembro do ano passado, quando a empresa foi extinta. A Gol incorporou a Webjet no ano passado e passou a responder pela empresa fechada

Sindicato cobra reintegração dos demitidos da Webjet
Sindicato cobra reintegração dos demitidos da Webjet (Foto: ANTONIO CRUZ-ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - O Sindicato Nacional dos Aeronautas quer que a Gol atenda pedido do Ministério Público do Trabalho da 1ª Região de reintegração dos 850 funcionários da Webjet demitidos no final de novembro do ano passado, quando a empresa foi extinta.

Dirigentes do sindicato fizeram hoje (22) uma reunião preparatória para encontro com representantes da empresa aérea, marcado para a próxima segunda-feira. A Gol incorporou a Webjet no ano passado e passou a responder pela empresa fechada.

Diretor executivo do sindicato, Leonardo Souza, disse que a entidade irá para a reunião com a expectativa de que a Gol apresente um plano de reincorporação dos funcionários demitidos.

O sindicato reclama do descumprimento de liminar determinado a recontratação dos ex-funcionários. A liminar da 23ª Vara do Trabalho atendeu pedido apresentado em ação proposta pelo Ministério Público do Trabalho.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247