Skaf promete combater alta de impostos também num governo Temer

Empresário Paulo Skaf, presidente presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), afirma que “qualquer que seja o governo ou presidente, minha posição e a da Fiesp contra o aumento de impostos não mudarão”; ele está por trás da campanha "Não vou pagar o pato", que começou em setembro de 2015, contra a volta da CPMF; nesta terça, a Fiesp inflou um pato gigante em frente ao Congresso pelo impeachment 

Empresário Paulo Skaf, presidente presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), afirma que “qualquer que seja o governo ou presidente, minha posição e a da Fiesp contra o aumento de impostos não mudarão”; ele está por trás da campanha "Não vou pagar o pato", que começou em setembro de 2015, contra a volta da CPMF; nesta terça, a Fiesp inflou um pato gigante em frente ao Congresso pelo impeachment 
Empresário Paulo Skaf, presidente presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), afirma que “qualquer que seja o governo ou presidente, minha posição e a da Fiesp contra o aumento de impostos não mudarão”; ele está por trás da campanha "Não vou pagar o pato", que começou em setembro de 2015, contra a volta da CPMF; nesta terça, a Fiesp inflou um pato gigante em frente ao Congresso pelo impeachment  (Foto: Roberta Namour)

247 - O empresário Paulo Skaf, presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), promete combater alta de impostos também num governo Temer.

“É muito clara a minha posição e da Fiesp contra o aumento de impostos. Qualquer que seja o governo ou presidente, minha posição e a da Fiesp não mudarão”, disse ele, em entrevista à ‘Folha de S. Paulo’.

Skaf está por trás da campanha "Não vou pagar o pato", que começou em setembro de 2015, contra a volta da CPMF. Nesta terça, a Fiesp inflou um pato gigante em frente ao Congresso pelo impeachment.

"O pato é aquele símbolo do bem para acabar com o mal. É uma figura alegre, simpática e que, de uma forma respeitosa, mostra uma indignação. Até as crianças gostam dele", diz (leia aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247