Sob Temer, gasto dos brasileiros no exterior cai 16,5%

Gastos de turistas brasileiros no exterior caem 16,5% em 2016 na comparação com 2015; dados foram divulgados hoje (24) pelo Banco Central (BC). A redução foi US$ 17,357 bilhões para US$ 14,497 bilhões; as receitas com viagens de estrangeiros ao Brasil, por sua vez, aumentaram de US$ 5,844 bilhões em 2015 para US$ 6 bilhões em 2016, um crescimento de 3%

Gastos de turistas brasileiros no exterior caem 16,5% em 2016 na comparação com 2015; dados foram divulgados hoje (24) pelo Banco Central (BC). A redução foi US$ 17,357 bilhões para US$ 14,497 bilhões; as receitas com viagens de estrangeiros ao Brasil, por sua vez, aumentaram de US$ 5,844 bilhões em 2015 para US$ 6 bilhões em 2016, um crescimento de 3%
Gastos de turistas brasileiros no exterior caem 16,5% em 2016 na comparação com 2015; dados foram divulgados hoje (24) pelo Banco Central (BC). A redução foi US$ 17,357 bilhões para US$ 14,497 bilhões; as receitas com viagens de estrangeiros ao Brasil, por sua vez, aumentaram de US$ 5,844 bilhões em 2015 para US$ 6 bilhões em 2016, um crescimento de 3% (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - Os gastos de turistas brasileiros no exterior caem 16,5% em 2016 na comparação com 2015. Os dados foram divulgados hoje (24) pelo Banco Central (BC). A redução foi US$ 17,357 bilhões para US$ 14,497 bilhões.

As receitas com viagens de estrangeiros ao Brasil, por sua vez, aumentaram de US$ 5,844 bilhões em 2015 para US$ 6 bilhões em 2016, um crescimento de 3%. A alta ocorreu no ano em que o Rio de Janeiro sediou as Olimpíadas, atraindo turistas de várias partes do mundo.

No mês de dezembro, em que parte da população tira férias, os gastos de brasileiros com viagens internacionais aumentaram em relação ao mesmo período de 2015. A elevação foi R$ 1,245 bilhão para R$ 1,392 bilhão, o equivalente a 11,8%.

Os gastos de turistas estrangeiros no país passaram de US$ 592 milhões, em dezembro de 2015, para US$ 451 milhões em igual mês de 2016. Houve queda, portanto, de 23,8%.

Déficit

A conta de viagens internacionais encerrou o ano passado com déficit, negativa em US$ 8,473 bilhões. No mês de dezembro, a conta teve déficit de US$ 941 milhões.

A conta de viagens internacionais é parte das transações correntes, ou seja, das trocas comerciais de produtos e serviços do Brasil com o resto do mundo. Em 2016, as transações correntes registraram déficit de US$ 23,5 bilhões.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email