Temer entrega petróleo às multinacionais, que foi a razão do golpe

Em cerimônia no Palácio do Planalto, Michel Temer assinou nesta quarta-feira 31 os contratos de concessão de áreas do pré-sal leiloadas em outubro do ano passado; em seu discurso, ele afirmou que o leilão representa uma nova fase de exploração de petróleo no País; "Nossas riquezas do subsolo serão efetivamente colocadas à serviço do desenvolvimento do País e dos brasileiros", disse

Temer
Temer (Foto: Gisele Federicce)

247 - Em cerimônia no Palácio do Planalto, Michel Temer assinou nesta quarta-feira 31 os contratos de concessão de áreas do pré-sal leiloadas em outubro do ano passado.

Em seu discurso, ele afirmou que o leilão representa uma nova fase de exploração de petróleo no País. "A assinatura dos contratos de concessões de áreas do pré-sal faz com que nossas riquezas sejam efetivamente colocadas a serviço do desenvolvimento do País e do bem-estar dos brasileiros", disse.

A entrega do pré-sal foi a principal razão do golpe que derrubou Dilma Rousseff e a regra de exploração, que permitiu que multinacionais estrangerias tenham prioridade no negócio do petróleo brasileira, foi a primeira coisa a ser feita após o impeachment.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247