Temer permitirá desnacionalização de companhias aéreas

Equipe do eventual governo de Michel Temer já estuda apoiar no Congresso que empresas estrangeiras possam ter controle total sobre companhias aéreas brasileiras; a proposta altera uma medida provisória sobre o assunto, enviada pelo governo Dilma Rousseff, que aumenta a permissão de capital estrangeiro nas empresas nacionais dos atuais 20% para até 49%, e prevê elevação desse percentual a até 100% em casos em que haja reciprocidade em seus países

Equipe do eventual governo de Michel Temer já estuda apoiar no Congresso que empresas estrangeiras possam ter controle total sobre companhias aéreas brasileiras; a proposta altera uma medida provisória sobre o assunto, enviada pelo governo Dilma Rousseff, que aumenta a permissão de capital estrangeiro nas empresas nacionais dos atuais 20% para até 49%, e prevê elevação desse percentual a até 100% em casos em que haja reciprocidade em seus países
Equipe do eventual governo de Michel Temer já estuda apoiar no Congresso que empresas estrangeiras possam ter controle total sobre companhias aéreas brasileiras; a proposta altera uma medida provisória sobre o assunto, enviada pelo governo Dilma Rousseff, que aumenta a permissão de capital estrangeiro nas empresas nacionais dos atuais 20% para até 49%, e prevê elevação desse percentual a até 100% em casos em que haja reciprocidade em seus países (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A equipe do eventual governo de Michel Temer já estuda apoiar no Congresso que empresas estrangeiras possam ter controle total sobre companhias aéreas brasileiras.

A proposta altera uma medida provisória sobre o assunto, enviada pelo governo Dilma, que aumenta a permissão de capital estrangeiro nas empresas nacionais dos atuais 20% para até 49%, e prevê elevação desse percentual a até 100% em casos em que haja reciprocidade em seus países.

Principais aliados de Temer, Moreira Franco e Eliseu Padilha, foram ministros da Aviação Civil do governo Dilma e apoiavam a abertura total para o capital estrangeiro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email