Temer pode cortar 60% do investimento federal

Em reuniões com seus aliados, o vice Michel Temer tem dito que vai buscar medidas para afastar a recriação da CPMF com "cortes radicais"; ele poderia cortar 60% dos investimentos, mantendo apenas as obras em andamento, o que daria uma economia de R$ 31 bilhões, para reduzir o déficit esperado para 2016, previsto em quase R$ 100 bilhões

25/04/2016 - Vice- presidente Michel Temer - fotos solo Michel Temer, Vice-Presidente, fotos solo Foto: ASCOM- VPR
25/04/2016 - Vice- presidente Michel Temer - fotos solo Michel Temer, Vice-Presidente, fotos solo Foto: ASCOM- VPR (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em reuniões com seus aliados para desenhar seu eventual governo, o vice Michel Temer tem dito que vai buscar medidas para afastar a recriação da CPMF com "cortes radicais".

Ele poderia cortar 60% dos investimentos, mantendo apenas as obras em andamento, o que daria uma economia de R$ 31 bilhões, para reduzir o déficit esperado para 2016, previsto em quase R$ 100 bilhões.

Temer também diz que sua maior preocupação é com o desemprego. "É preciso ter uma política econômica que, daqui seis a oito meses, comece a gerar emprego, é preciso começar a reempregar", afirma.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email