Temer quer garfar 5% da receita do Sebrae por MP

No afã de aumentar a arrecadação federal, o governo de Michel Temer partirá co tudo para cima do Sebrae; governo já tem pronto o texto de uma Medida Provisória que determina a apropriação de 5% da receita da instituição referência em apoio a pequenos negócios; proposta não tem o apoio do presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, que articula dentro do governo uma maneira de barrar a investida; no entanto, o diretor de Administração e Finanças da entidade, Vinicius Lages, ex-ministro do Turismo e aliado o PMDB, faz videoconferência nesta manhã com todas as direções estaduais para explicar as mudanças

No afã de aumentar a arrecadação federal, o governo de Michel Temer partirá co tudo para cima do Sebrae; governo já tem pronto o texto de uma Medida Provisória que determina a apropriação de 5% da receita da instituição referência em apoio a pequenos negócios; proposta não tem o apoio do presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, que articula dentro do governo uma maneira de barrar a investida; no entanto, o diretor de Administração e Finanças da entidade, Vinicius Lages, ex-ministro do Turismo e aliado o PMDB, faz videoconferência nesta manhã com todas as direções estaduais para explicar as mudanças
No afã de aumentar a arrecadação federal, o governo de Michel Temer partirá co tudo para cima do Sebrae; governo já tem pronto o texto de uma Medida Provisória que determina a apropriação de 5% da receita da instituição referência em apoio a pequenos negócios; proposta não tem o apoio do presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, que articula dentro do governo uma maneira de barrar a investida; no entanto, o diretor de Administração e Finanças da entidade, Vinicius Lages, ex-ministro do Turismo e aliado o PMDB, faz videoconferência nesta manhã com todas as direções estaduais para explicar as mudanças (Foto: Aquiles Lins)

247 - No afã de aumentar a arrecadação federal, o governo de Michel Temer partirá co tudo para cima do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, o Sebrae.

O governo já tem pronto o texto de uma Medida Provisória que determina a apropriação de 5% da receita da instituição referência em apoio a pequenos negócios. A proposta não tem o apoio do presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, que articula dentro do governo uma maneira de barrar a investida. 

Estava programado para as 9h desta sexta-feira, 10, entretanto, uma videoconferência com todas as direções estaduais do Sebrae com o diretor de Administração e Finanças da entidade, Vinicius Lages, ex-ministro do Turismo e aliado o PMDB, para explicar as mudanças. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247