Um terço das famílias das classes A e B solicitou o auxílio emergencial e 69% conseguiram, diz pesquisa

Segundo levantamento realizado pelo Instituto Locomotiva, 3,89 milhões de famílias mais ricas possuem ao menos um integrante recebendo o auxílio emergencial, criado com o objetivo de apoiar trabalhadores pobres durante a pandemia

Lançamento do aplicativo CAIXA Auxílio Emergencial
Lançamento do aplicativo CAIXA Auxílio Emergencial (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva aponta que um terço das famílias pertencentes às classes A e B solicitou o auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal para combater os efeitos da pandemia da Covid-19 e que 69% dos pedidos foram atendidos. Segundo o levantamento, divulgado pelo jornal Valor Econômico, 3,89 milhões de famílias mais ricas possuem ao menos um integrante recebendo o auxílio. 

“O argumento, em geral, é algo do tipo: ‘Sempre paguei impostos e nunca tive nada em troca do governo’. Ou ainda que ‘a crise está difícil para todo mundo’. São pessoas que realmente acham que têm o direito ao benefício por esses fatores. Não existe um sentimento de que estão cometendo fraude”, disse o fundador e presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles. 

O auxílio emergencial foi criado para auxiliar os trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs) e desempregados que não recebem o seguro-desemprego durante a pandemia os critérios para o recebimento do benefício estabelecem que a renda per capita não pode ser  acima de R$ 522,50 mensais ou uma renda familiar de até R$ 3.135 (três salários mínimos). 

Estas informações, conforme o levantamento, estariam sendo omitidas no momento do preenchimento do cadastro no site da Caixa. A solicitação do auxílio emergencial mediante o uso de informações falsas, porém, podem ser consideradas crimes de falsidade ideológica e estelionato.

A pesquisa ouviu 2.006 pessoas de 72 cidades do Brasil entre os dias 20 e 25 de mai e possui margem de erro Umde 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email