Vicente Nunes: Temer escala Padilha para conter Meirelles

Colunista econômico Vicente Nunes afirmou nesta sexta-feira, 22, que "está visível" o embate entre os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Fazenda, Henrique Meirelles, no governo interino de Michel Temer; "Basta um olhar mais atento para os discursos dos dois nos últimos dias para ver o quanto estão com posições opostas, se confrontando e tentando desmentir o que o outro diz", afirmou, citando como exemplo a luta em torno do contingenciamento de recursos; "O certo é que Padilha e Meirelles são vaidosos demais. Um problemão para a retomada da confiança. Em público, continuarão posando de excelentes amigos e parceiros de governo. Nos bastidores, porém, já avisaram: é guerra", acrescentou

Colunista econômico Vicente Nunes afirmou nesta sexta-feira, 22, que "está visível" o embate entre os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Fazenda, Henrique Meirelles, no governo interino de Michel Temer; "Basta um olhar mais atento para os discursos dos dois nos últimos dias para ver o quanto estão com posições opostas, se confrontando e tentando desmentir o que o outro diz", afirmou, citando como exemplo a luta em torno do contingenciamento de recursos; "O certo é que Padilha e Meirelles são vaidosos demais. Um problemão para a retomada da confiança. Em público, continuarão posando de excelentes amigos e parceiros de governo. Nos bastidores, porém, já avisaram: é guerra", acrescentou
Colunista econômico Vicente Nunes afirmou nesta sexta-feira, 22, que "está visível" o embate entre os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Fazenda, Henrique Meirelles, no governo interino de Michel Temer; "Basta um olhar mais atento para os discursos dos dois nos últimos dias para ver o quanto estão com posições opostas, se confrontando e tentando desmentir o que o outro diz", afirmou, citando como exemplo a luta em torno do contingenciamento de recursos; "O certo é que Padilha e Meirelles são vaidosos demais. Um problemão para a retomada da confiança. Em público, continuarão posando de excelentes amigos e parceiros de governo. Nos bastidores, porém, já avisaram: é guerra", acrescentou (Foto: Aquiles Lins)

247 - O colunista econômico Vicente Nunes, do Correio Braziliense, afirmou nesta sexta-feira, 22, que "está visível" o embate entre os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Fazenda, Henrique Meirelles, no governo interino de Michel Temer. 

"Basta um olhar mais atento para os discursos dos dois nos últimos dias para ver o quanto estão com posições opostas, se confrontando e tentando desmentir o que o outro diz", afirmou. 

Segundo Vicente, Eliseu Padilha foi escalado pelo próprio Temer para conter a visão de que existe no governo um superministro e ele está na Fazenda. "A última disputa entre os dois teve como pano de fundo o contingenciamento de recursos do Orçamento deste ano. Após o adiamento dos cortes, aliados de Meirelles saíram a campo para dizer que partiu dele a decisão de deixar para depois a tesourada nas despesas. (...) Padilha, por sua vez, mandou emissários espalharem que o adiamento do corte de gastos havia sido uma vitória da ala política do Planalto, que vê o contingenciamento agora como uma trava desnecessária para o bom funcionamento do governo e um desestímulo à economia", afirmou.

"O certo é que Padilha e Meirelles são vaidosos demais. Não há como um deles abandonar as armas na queda de braço que travam. Um problemão para a retomada da confiança. Em público, continuarão posando de excelentes amigos e parceiros de governo. Nos bastidores, porém, já avisaram: é guerra", acrescentou.

Leia na íntegra o comentário de Vicente Nunes.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247