Volks vendeu 1,8 milhão de carros adulterados

Veículos utilitários eram equipados com o software que altera os resultados dos testes antipoluição, confirmou nesta terça-feira 29 um porta-voz da fabricante alemã, citado pela AFP; a adulteração envolve ao todo 5 milhões de automóveis da marca Volkswagen (VW), 2,1 milhões do modelo de alta gama Berline da Audi e 1,2 milhões de Skoda

Veículos utilitários eram equipados com o software que altera os resultados dos testes antipoluição, confirmou nesta terça-feira 29 um porta-voz da fabricante alemã, citado pela AFP; a adulteração envolve ao todo 5 milhões de automóveis da marca Volkswagen (VW), 2,1 milhões do modelo de alta gama Berline da Audi e 1,2 milhões de Skoda
Veículos utilitários eram equipados com o software que altera os resultados dos testes antipoluição, confirmou nesta terça-feira 29 um porta-voz da fabricante alemã, citado pela AFP; a adulteração envolve ao todo 5 milhões de automóveis da marca Volkswagen (VW), 2,1 milhões do modelo de alta gama Berline da Audi e 1,2 milhões de Skoda (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

A Volkswagen vendeu 1,8 milhão de veículos utilitários equipados com o software que altera os resultados dos testes antipoluição, confirmou nesta terça-feira 29 um porta-voz da fabricante alemã, citado pela AFP.

"Dos 11 milhões de veículos diesel manipulados vendidos no total, 1,8 milhão são utilitários", declarou Günther Scherelis, diretor da Comunicação da Divisão de Utilitários do grupo, confirmando uma informação da imprensa regional.

A Volkswagen admitiu na semana passada que equipou 11 milhões de veículos em todo o mundo com um software com capacidade para modificar os resultados dos testes antipoluição.

O grupo – que detém 12 marcas de automóveis, pesados e motociclos – tem divulgado a conta-gotas por marcas e países os números dos veículos equipados com o referido 'software'.

A adulteração envolve 5 milhões de automóveis da marca Volkswagen (VW), 2,1 milhões do modelo de alta gama Berline da Audi e 1,2 milhões de Skoda.

Com os 1,8 milhão de utilitários anunciados nesta terça-feira, faltam cerca de 900 mil unidades adulteradas com o software, dos quais um determinado número deve ser da marca espanhola Seat.

Além da Alemanha, com 2,8 milhões de veículos, e dos Estados Unidos, de onde surgiu o escândalo, com cerca de 500 mil unidades, os números de veículos adulterados por países ainda não são conhecidos.

Na Alemanha, a Volkswagen foi intimada pelo governo para apresentar até 7 de outubro um roteiro e um calendário para chamar os proprietários dos veículos adulterados e para os equipar conforme as normas.

"Durante o fim de semana um grupo de trabalho elaborou um plano de ação de grande escala", declarou o novo chefe da Volkswagen, Matthias Muller, durante um encontro na noite de ontem (28) com os quadros dirigentes da empresa. As declarações de Muller foram divulgadas hoje de manhã à imprensa.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247