"Esquerda pode chegar ao Congresso com uma força que nunca teve", diz Eduardo Guimarães

Jornalista calcula que a esquerda pode eleger 200 deputados federais e afirma que isso daria uma força sem precedentes a esse bloco na política nacional. Assista

www.brasil247.com -
(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | ABR)


247 - O jornalista Eduardo Guimarães calcula que as duas federações de esquerda podem eleger cerca de 200 deputados nas próximas eleições, o que, segundo ele, daria a esse bloco político uma força sem precedentes na política nacional. 

Em entrevista à TV 247, Guimarães, que é editor do Blog da Cidadania, afirmou que candidaturas como a de Guilherme Boulos (PSOL) à Câmara dos Deputados podem impulsionar o número de deputados eleitos pela esquerda. Ele também comentou a corrida eleitoral para o governo São Paulo, que Fernando Haddad (PT) lidera com 34% das intenções de voto, segundo a mais recente pesquisa Datafolha. O governador Rodrigo Garcia (PSDB) e o ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas (Republicanos) têm 13% cada.

“A esquerda vai chegar no Congresso com um força que nunca teve. Os deputados acreditam que é possível ter 200 deputados de esquerda, da base das federações de esquerda. 200 deputados de esquerda é um sonho para o Brasil, mudaria a face desse país e seria outra grande vitória”, disse. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A força de um eventual governo Lula pode ser muito grande porque ã esquerda pode governar São Paulo pela primeira vez na história. Como disse o Lula, seria como governar dois países”, lembrou. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Atualmente, a Federação Brasil da Esperança, composta por PT, PCdoB e PV, tem 68 deputados, enquanto a Federação PSOL-Rede Sustentabilidade tem 10 deputados. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email