Ivan Valente sobre voto impresso: Bolsonaro quer a 'invasão do Capitólio'

“Inventaram dois ou três ‘especialistas’ para dizer que era inseguro o sistema, mas nós sabemos o que Bolsonaro quer com isso: é a invasão do Capitólio - ou seja, armar as milícias para não perder a eleição de jeito nenhum”, disse o deputado Ivan Valente à TV 247. Assista

www.brasil247.com -
(Foto: ABr)


247 - O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP), em entrevista à TV 247, afirmou que, com a pauta do voto impresso nas eleições de 2022, Jair Bolsonaro quer um “golpe militar para adiar as eleições”. O parlamentar ainda afirmou que a base governista também deu um “golpe” ao adiar a votação do assunto na Câmara dos Deputados sabendo que iria perder

Valente foi um dos deputados que entraram com pedido para que a comissão fosse retomada no mesmo dia, na sexta-feira, 16, mas não conseguiu. A votação foi remarcada para depois do recesso parlamentar, em 5 de agosto.

Urna eletrônica x voto impresso

O deputado defendeu que “a urna eletrônica nunca deu problema nenhum. São 26 anos [de funcionamento]”. E ainda reforçou que o modelo proposto pelos aliados de Jair Bolsonaro “era uma insanidade”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo ele, com voto impresso “vai ter roubo” de diversos tipos. “Isso sim que é violação do voto”, argumentou, destacando que, por outro lado, as urnas são “invioláveis porque elas não estão ligadas à internet”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Invasão do Capitólio”

O deputado do PSOL ainda destacou o caráter golpista da proposta. Segundo ele, a pauta de Bolsonaro “veio direto dos invasores do Capitólio”. Em janeiro deste ano, após Donald Trump perder as eleições nos Estados Unidos, apoiadores do ex-presidente invadiram o Capitólio alegando fraude eleitoral a favor do atual presidente, Joe Biden.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inventaram dois ou três ‘especialistas’ para dizer que era inseguro o sistema, mas nós sabemos o que Bolsonaro quer com isso: é a invasão do Capitólio - ou seja, armar as milícias para não perder a eleição de jeito nenhum”, destacou.

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email