CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"O Brasil está ameaçado e precisamos nos unir", diz Aloysio Nunes Ferreira

Político do PSDB disse à TV 247 que fará campanha pelo ex-presidente Lula já no primeiro turno

Lula e Aloysio Nunes
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 – O ex-senador e ex-chanceler Aloysio Nunes Ferreira, uma das principais lideranças do PSDB em São Paulo, explicou, em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, editor da TV 247, por que fará campanha pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já em primeiro turno. "Temos duas candidaturas presidenciais fortes, numa campanha muito curta: Bolsonaro e Lula. PT e PSDB são duas vertentes da social-democracia e já tiveram vários momentos de colaboração. O Brasil hoje está sob ameaça e precisamos nos unir", diz ele. "Não faz sentido falar em dois extremismos"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na entrevista, Aloysio Nunes também aponta o motivo do esfacelamento tucano. "O PSDB não combateu o governo Bolsonaro. O único personagem que fez oposição ao Bolsonaro foi o João Doria", afirma. Na sua opinião, Doria fez um bom governo em São Paulo, mas a terceira via não decola porque a ideia de uma candidatura de centro contra "dois extremistas" é uma ficção. "O Brasil já está no segundo turno e só há um extremista que é o Bolsonaro", diz ele. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na entrevista, ele também falou sobre política externa. "O Brasil precisa reafirmar sua soberania e ter uma posição de equidistância em relação aos grandes blocos. Os BRICS sempre foram uma plataforma muito útil", afirma.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE