"O Brasil está em disputa e Lula no fio da navalha", diz Pepe Escobar

Jornalista afirma que apoio da administração Biden a Lula não chega de graça

www.brasil247.com -
(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | ABR)


247 – O correspondente internacional Pepe Escobar afirmou, em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, editor da TV 247, que o 8 de janeiro no Brasil está diretamente ligado ao 6 de janeiro dos EUA. "Foram usados os escalões mais baixos da sociedade. Há um medo de que o Brasil seja um protagonista da nova ordem mundial, ao lado dos BRICS. Trata-se de uma operação de pinça, que visa instalar dissonância cognitiva na direita e na esquerda", afirmou. "O que o Império do Caos faz? É dividir e reinar. Os Estados Unidos darão apoio a Lula, mas cobrarão que o Brasil siga sua cartilha", acrescentou.

Na entrevista, Pepe Escobar afirmou que a América do Sul é o último reduto do império e que os Estados Unidos farão de tudo para manter o Brasil na coleira. "Lula terá que ser Sun Tzu entre o Império e os BRICS. O establishment americano quer um Brasil domesticado e o capitão Bolsonaro não é nem o líder, é fantoche", pontuou. "O Brasil está em disputa e Lula no fio da navalha", afirmou.

O correspondente também disse que um cenário plausível para o Bolsonaro é o que farão com Donald Trump: a cassação dos direitos políticos. "Nesta semana, teríamos que ter milhões de brasileiros nas ruas", disse ele.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247