Após expulsão contra o Lille, Neymar pode desfalcar PSG por três jogos

No final do jogo contra o Lille, que ganhou a partida e assumiu a liderança do futebol francês, Neymar empurrou o zagueiro Djaló fora de campo para pegar a bola e cobrar a falta marcada, na tentativa de acelerar o jogo e buscar um empate. Depois os dois jogadores se agrediram fora de campo

(Foto: Benoit Tessier/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O craque do PSG, Neymar, pode ficar suspenso por três jogos após expulsão na última partida da Ligue 1 do campeonato francês. No final do jogo contra o Lille, que ganhou a partida e assumiu a liderança do futebol francês, Neymar empurrou o zagueiro Djaló fora de campo para pegar a bola e cobrar a falta marcada, na tentativa de acelerar o jogo e buscar um empate.

Ele já havia sido punido com um cartão amarelo por botar a mão no rosto de Benjamin André no primeiro tempo. Imagens mostraram também que Neymar e Djaló se agrediram e precisaram ser separados no vestiário.

O caso do jogador brasileiro deve ser analisado pela Comissão Disciplinar da Liga de Futebol Profissional da França (LFP) na próxima quarta-feira, 7. Neymar já estará fora do jogo contra o Strasbourg. Caso seja punido pela LFP, vai perder também os jogos contra o Saint-Etienne, pela Ligue 1, no dia 18, e o compromisso pelas quartas de final da Copa da França, no dia 21 de abril.

Neymar foi expulso pela segunda vez em 20 jogos na temporada, pela terceira vez na Ligue 1 desde o início de 2020. Nenhum outro jogador da liga levou o vermelho tantas vezes no período. Segundo o jornal francês "Le Parisien", o atacante brasileiro já desfalcou o time em 12 partidas por motivos disciplinares.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email