Decisão definitiva de Robinho em caso de estupro na Itália será conhecida nesta quarta-feira

Corte de Cassação de Roma julga nesta quarta-feira (19) o recurso apresentado pelas defesa do jogador, condenado a nove anos de prisão

www.brasil247.com -


247 - A Corte de Cassação de Roma, última instância da justiça italiana, deverá julgar nesta quarta-feira (19) o recurso apresentado pelas defesas dos jogadores Robinho e Ricardo Falco, condenados a nove anos de prisão pelo crime de violência sexual de grupo cometido contra uma mulher de origem albanesa numa boate de Milão, em janeiro de 2013. De acordo com o UOL, a sentença será definitiva. 

Ainda conforme a reportagem, a audiência do caso começou por volta das 6h30 (horário de Brasília) e durou cerca de 30 minutos. O recurso de Robinho é o primeiro de uma lista de 28 processos que serão analisados pela Corte ao longo do dia. 

Ao chegar no tribunal, o  advogado de Robinho, Alexander Guttieres, disse que não comentaria sobre o que seria dito na sessão, mas alegou que o "processo está cheio de falhas", sem especificar quais seriam as lacunas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A situação envolvendo o estupro da jovem albenesa repercutiu no Brasil após o clube Santos contratar Robinho e relativizar o crime. O clube chegou a divulgar  oficialmente que ele era vítima de um "apedrejamento". 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A contratação do atleta só foi revogada após mobilização e até mesmo boicote de anunciantes, que não queriam ver suas marcas atreladas à violência sexual. Robinho admitiu ter mantido relação sexual com a vítima, mas negou as acusações de violência sexual, quando foi interrogado, em 2014.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email