Depois de Djokovic, Kelly Slater não poderá competir na Austrália sem estar vacinado, diz ministro da Saúde do país

O campeão mundial de surf Kelly Slater, que não revelou seu status de vacinação, defendeu Djokovic, depois que o sérvio não vacinado foi detido e deportado

www.brasil247.com - Kelly Slater
Kelly Slater (Foto: REUTERS/David Gray)


Reuters - O surfista norte-americano Kelly Slater não poderá competir nos próximos eventos na Austrália se não for vacinado contra a Covid-19, disse o ministro australiano da Saúde, Greg Hunt, nesta quinta-feira.

O onze vezes campeão mundial Slater, que não revelou seu status de vacinação, defendeu o tenista número 1 do mundo, Novak Djokovic, depois que o sérvio não vacinado foi detido e, posteriormente, deportado pelas autoridades australianas antes do Aberto da Austrália.

Dois eventos do campeonato da World Surf League estão programados para Victoria e Austrália Ocidental em abril e maio. Ainda não está claro se Slater, de 49 anos, participará.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Acho que fomos bem claros com o caso de Novak Djokovic de que sem vacina, sem jogo", disse Hunt à emissora australiana Channel 9.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"É uma mensagem bem simples, não importa o esporte, somos imparciais. Espero que ele (Slater) seja vacinado e compita."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A World Surf League não impôs vacinação obrigatória para os competidores, mas os encorajou a tomar o imunizante, alertando que podem enfrentar desafios "significativos" se optarem por não fazê-lo.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email