Diretor da Cerimônia de abertura das Olimpíadas é demitido após fazer “piada” com Holocausto

O diretor artístico da abertura dos jogos olímpicos, Kentaro Kobayashi, pediu desculpas e afirmou que a sua fala faz parte de uma época em que “não conseguia fazer as pessoas rirem”

(Foto: REUTERS/Dado Ruvic)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Portal Fórum - O diretor artístico da Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, Kentaro Kobayashi, foi demitido após fazer uma “piada” com o holocausto.

De acordo com comunicado do Comitê Olímpico, a “piada” foi feita há mais de duas décadas, mas só agora tomaram conhecimento.

“Soubemos que, durante um espetáculo no passado, ele usou uma linguagem burlesca ao se referir a este trágico episódio do passado”, declarou Seiko Hashimoto, chefe do Comitê Olímpico.

PUBLICIDADE

O fato veio a público após um vídeo ser divulgado na madrugada desta quinta-feira (22).

Leia a íntegra da matéria no portal Fórum

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email