Djokovic volta a ser detido e pode ser deportado na véspera da estreia no Aberto da Austrália

A Justiça australiana examina a deportação do número 1 do mundo por não ter declarado se foi vacinado contra a Covid-19

www.brasil247.com - Novak Djokovic
Novak Djokovic (Foto: Gonzalo Fuentes/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O tenista Novak Djokovic voltou a ser detido, neste sábado (15), em Melbourne, sede do Aberto da Austrália. A Justiça do país examina sua deportação pelo fato de ele não ter revelado seu status de vacinação contra a Covid-19. 

O número 1 do mundo aguarda uma audiência na Justiça que vai determinar se ele pode permanecer no país. O sérvio pode ser deportado, após seu visto ter sido cancelado pela segunda vez. O governo australiano diz que ele é uma ameaça à saúde pública.

Seus advogados estão entrando com recurso contra o que chamaram de decisão "irracional". A audiência está marcada para domingo (16).

PUBLICIDADE

Djokovic tem a estreia no torneio marcado para amanhã. A audiência está marcada para 09:30 horário local. Caso o recurso seja negado, ele será deportado e terá entrada na Austrália bloqueada por três anos. 

No sábado, logo após uma audiência pré-julgamento online, Djoko retornou ao centro de detenção de imigrantes, onde estava confinado no início desta semana. Ele permanecerá lá até a decisão no domingo. (Com informações da BBC). 

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email