Fãs criticam "elitização do futebol" após grandes clubes concordarem em formar a Superliga Europeia

Arsenal, Atlético Madrid, Chelsea, Barcelona, Inter Milan, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Milan, Real Madrid e Tottenham concordaram em criar a nova liga para substituir a Champions League

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Metrópoles - Doze grandes clubes europeus anunciaram na noite deste domingo (18/4) a criação de uma nova Superliga Europeia para substituir a Champions League. A iniciativa promete abalar a estrutura tradicional das competições de futebol no continente.

Embora o futuro desses clubes na Champions League e na Liga Europa seja desconhecido no momento, o fato é que a iniciativa, inicialmente, não agradou torcedores, ex-jogadores e membros da mídia especializada.

"Eu estou absolutamente enojado com Manchester United e Liverpool especialmente. Eles estão abandonando uma competição para outra em que eles não podem ser rebaixados? É uma desgraça. Nós temos que lutar contra o poder dos times no topo desta liga. E isso inclui o meu time", disse Gary Neville, ex-United e atualmente comentarista.

Leia mais no Metrópoles. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email