Garrafas de bebida foram retiradas do carro do jogador Marcinho após atropelamento

Segundo o depoimento de uma testemunha, após o atropelamento de um professor e sua mulher, pessoas retiraram garrafas de bebida do veículo

Carro de Marcinho após atropelamento
Carro de Marcinho após atropelamento (Foto: Divulgação | Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma testemunha afirmou à Polícia Civil que pessoas retiraram garrafas de bebida do veículo onde estava o jogador Marcinho, que atropelou um professor e sua mulher, matando o primeiro e ferindo a segunda, que está internada.

A testemunha ainda afirmou que o veículo estava a 100 km/h no momento do atropelamento.

As informações foram reportadas na CNN.

O jogador alega que estava sóbrio e dirigia a 60 km/h. Ele não prestou socorro às vítimas, alegando medo de ser linchado.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247