Hamilton sobre a morte de Beto Freitas: "temos que lutar para impedir que continue"

"Devastado por ouvir essa notícia, outra vida negra perdida mais uma vez. Ainda acontece e temos que lutar para impedir que continue", defendeu o piloto

(Foto: Amanda Perobelli)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Lewis Hamilton, heptacampeão da F-1, usou as redes sociais para manifestar sobre o caso João Alberto Silveira Freitas, homem negro espancado até a morte em um supermercado Carrefour de Porto Alegre (RS).

"Devastado por ouvir essa notícia, outra vida negra perdida mais uma vez. Ainda acontece e temos que lutar para impedir que continue. Mando meus pensamentos e preces para você, Brasil. Descanse em paz, João Alberto Silveira Freitas", escreveu o piloto em sua página no Instagram.

Hamilton tem encampado a luta antirracista no esporte, participando de protestos nas ruas após a morte de George Floyd, nos Estados Unidos.

Durante as corridas, levou ao pódio da F-1 mensagens como "vidas negras importam" ou "prendam os policiais que mataram Breonna Taylor", em referência à jovem negra alvejada em sua própria casa nos EUA.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247