Inclusão da palavra “juntos” no lema olímpico tem significado especial

Antes da abertura do evento, nesta sexta-feira (23), o COI declarou a inclusão da palavra “juntos” ao lema olímpico tradicional “Mais rápido, mais alto, mais forte”, deixando "Mais rápido, mais alto, mais forte - juntos"

Jogos Olímpicos de Tóquio
Jogos Olímpicos de Tóquio (Foto: REUTERS/Kim Hong-Ji/Direitos Reservados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rádio Internacional da China - A 32ª edição dos Jogos Olímpicos de Verão começará em 23 de julho em Tóquio, capital japonesa. Antes da abertura do evento, o Comitê Olímpico Internacional (COI) declarou a inclusão da palavra “juntos” ao lema olímpico tradicional “Mais rápido, mais alto, mais forte”, durante sua 138ª sessão plenária. Dessa forma, o novo lema fica "Mais rápido, mais alto, mais forte - juntos".

A integração de “juntos” injetou uma nova conotação ao espírito olímpico, reflete a voz comum do povo mundial e tem um significado especial para a superação conjunta global de diferentes desafios.

Afetados pela pandemia do Covid-19, as Olimpíadas de Tóquio foram adiadas por um ano. A crise de confiança sobre o evento progrediu, em certo grau, para uma crise sobre o COI e o Movimento Olímpico, o que causou divergências frequentes.

PUBLICIDADE

Neste contexto, devemos entender porque o presidente do COI, Thomas Bach, disse que "temos de adaptar o lema aos nossos tempos" e que “queremos colocar um foco especial na solidariedade”.

A julgar pela situação atual, a pandemia do Covid-19 continua se disseminando no Planeta e a recuperação da economia global se tornou ainda mais fraca. Alguns políticos ocidentais causaram frequentemente conflitos geopolíticos e confrontos ideológicos, provocando separações pelo mundo. Tudo isso impôs impactos diretos à visão básica do Movimento Olímpico da era moderna, que é "construir um Mundo melhor através do esporte”.

No novo cruzamento histórico, a humanidade precisa, mais do que antes, do espírito olímpico, que destaca excelência, amizade, respeito e solidariedade e requer eliminar as barreiras e conflitos por meio do esporte, assim como encorajar uma maior união do povo de todo o mundo.

PUBLICIDADE

De fato, quando atletas de diferentes países e diferentes culturas vão a Tóquio mesmo com as turbulências da pandemia, os Jogos Olímpicos apresentarão o seu valor mais importante, que é “unir o mundo”.

O mais importante é que a incorporação da palavra “juntos” no lema olímpico trará mais coragem e força à humanidade para vencer os vários desafios no futuro. Perante as mudanças drásticas e a severa pandemia no mundo, a comunidade internacional terá um sentimento mais profundo sobre o conceito da “comunidade de futuro compartilhado da humanidade”.

Vale notar que, sendo o país anfitrião dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, a China enviou a maior delegação para as Olimpíadas fora do país na história. As equipes adotaram as medidas mais rigorosas de prevenção e controle da pandemia. Esta é a contribuição mais recente do país para implementar o novo lema olímpico, promover a união global e superar em conjunto os desafios.

PUBLICIDADE

Estar “juntos” é, de certa maneira, a precondição de tudo. O ser humano tem um forte atributo social. Só quando prestarmos mais atenção aos pontos e interesses comuns e diminuirmos as divergências, tornar-nos-emos mais rápidos, mais altos e mais fortes.

Tradução: Paula Chen
Revisão: Diego Goulart

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email