Irã pede a expulsão dos Estados Unidos da Copa do Catar

Advogado alega que a exclusão do emblema da República Islâmica foi um desrespeito ao Estado iraniano

www.brasil247.com - Bandeira do Irã
Bandeira do Irã (Foto: � Morteza Nikoubazl / Reuters)


Carta Capital - O advogado que representa a seleção de futebol do Irã acionará a Fifa para pedir a exclusão dos Estados Unidos da Copa do Mundo do Catar. A informação é de uma agência de notícias ligada ao governo iraniano. A solicitação se baseia em uma imagem postada pela federação norte-americana que continha uma versão alterada da bandeira do Irã, sem o emblema da República Islâmica.

A arte exibida pelos norte-americanos seria um ato de apoio aos protestos registrados no Irã após a morte de Mahsa Amini, uma curda de 22 anos que faleceu três dias depois de ser presa pela polícia da moral em Teerã por supostamente violar um código de vestimenta. O advogado Safia Allah Faghanpour, da federação do Irã, avaliou que a punição prevista aos Estados Unidos seria uma suspensão de 10 jogos. Ele protocolará uma queixa no Comitê de Ética da entidade.

Contionue lendo na Carta Capital

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247