Paulinho, ex-Vasco, declara apoio a Lula e 'janta' Reinier, ex-Flamengo, com frase de Juninho Pernambucano

"'Me revolto com jogador de direita", respondeu Paulinho ao atleta ex-Fla que reprovou postagem favorável ao presidenciável petista

Paulinho

247 - O meio-campista Paulinho, 22, revelado nas categorias de base do Vasco da Gama, viralizou no Twitter ao 'jantar' o colega de profissão Reinier, 20, ex-Flamengo, em uma discussão sobre o apoio ao ex-presidente Lula (PT) para o primeiro turno das eleições. 

Tudo começou quando Paulinho publicou na manhã desta segunda-feira (19): "Faltam 13 dias!!! 13 Brasil", seguido de um emoji de uma estrela e um coração. O meia é conhecido por suas postagens de cunho político e social, sendo também seguidor do Candomblé e filho de Oxóssi, o orixá caçador. A postagem em apoio a Lula atingiu mais de 90 mil curtidas em seis horas.

Reinier, então, respondeu com um emoji de "X" e outro com um rosto vomitando, indicando reprovação.

CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

Foi aí que o meia vascaíno puxou uma referência de outro ídolo do clube, Juninho Pernambucano, e publicou a declaração do ídolo em resposta ao colega de profissão ex-Flamengo: "Me revolto quando vejo jogador e ex-jogador de direita. Nós viemos de baixo, fomos criados com a massa. Como vamos ficar do lado de lá? Vai apoiar Bolsonaro, meu irmão?"

 

Apesar de terem sido revelados por duas equipes rivais, no Rio de Janeiro, ambos foram colegas na Seleção Brasileira sub-23 que conquistou o ouro em Tóquio, nos Jogos Olímpicos de 2020.

Atualmente, Paulinho defende o Bayer Leverkusen, da Alemanha, enquanto Reinier está no Girona, da Espanha.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.