PVC: "incompetência" do governo de SP inibe volta do futebol

"Ontem, Marcos Boulos [infectologista] disse que o futebol em São Paulo pode ser jogado a noite no toque de recolher, o problema é que o governo de São Paulo não está conseguindo fazer o toque de recolher. Então, a incompetência do governo tem que ser levada em conta", disse o comentarista

Paulo Vinícius Coelho, PVC
Paulo Vinícius Coelho, PVC
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O comentarista esportivo Paulo Vinícius Coelho, conhecido como PVC, criticou no mais recente 'Bem, Amigos', no SporTV, a "incompetência" do governo de São Paulo, que além de ter mentido sobre o aumento das restrições para conter o avanço da Covid-19, não consegue organizar a volta do futebol.

"O governador João Dória disse 17 dias antes da eleição que não aumentaria restrições no estado de São Paulo, e aumentou no dia seguinte. O governador mentiu. Esse é um ponto", disse PVC.

"Ontem, Marcos Boulos [infectologista] disse que o futebol em São Paulo pode ser jogado a noite no toque de recolher, o problema é que o governo de São Paulo não está conseguindo fazer o toque de recolher. Então, a incompetência do governo tem que ser levada em conta. Repito, um governo que mentiu. A prioridade é terminar o número de mortes. Não pode ter três mil mortes amanhã, e vai ter quatro mil", completou.

Desde o dia 13 de março, o Campeonato Paulista está suspenso. Na última segunda-feira (22), a Federação Paulista de Futebol (FPF) preparou um protocolo de segurança que será apresentado ao Ministério Público de São Paulo (MP-SP) com o objetivo de autorizar a continuação das competições esportivas.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email