Sem ganhar em 2021, São Paulo demite Fernando Diniz

Dos 6 jogos realizados em janeiro, o São Paulo empatou 2 e perdeu 4. Neste domingo, 31, perdeu por 2 x 1 contra o Atlético-GO

Fernando Diniz
Fernando Diniz (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Fernando Diniz não é mais técnico do São Paulo. Ele foi demitido nesta segunda-feira, 1. Junto com ele, também foram desligados o preparador físico Wagner Bertelli e os auxiliares Marcio Araújo e Eduardo Zuma, que chegaram ao clube junto com o treinador, segundo nota do clube.

"O São Paulo agradece aos profissionais pelo trabalho e pela dedicação demonstrados durante todo o período em que defenderam nossas cores", diz trecho.

Diniz foi demitido após a série de resultados ruins para o tricolor paulista neste ano de 2021. Tendo iniciado o ano na liderança do Campeonato Brasileiro, o São Paulo não ganhou sequer um jogo após a virada do ano. Dos 6 jogos realizados em janeiro, empatou 2 e perdeu 4 - tendo tomado uma goleada do Internacional.

A gota d’água, porém, foi a derrota para o Atlético-GO neste domingo, 31. O jogo encaminhava para o empate quando o time de Goiás marcou o segundo gol aos 43 minutos do segundo tempo, concretizando o placar final: 2 x1.

Atualmente o São Paulo é o quarto colocado da Série A, mas chegou a ocupar a liderança por sete rodadas, abrindo 7 pontos de vantagem sobre o vice-líder.

O São Paulo não vence o Campeonato Brasileiro desde 2008. Desde então, o único título do São Paulo foi a Copa Sul-Americana de 2012, pois desde 2005 não ganhou nenhum estadual.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email