13º corpo é localizado após tragédia em Minas

Depois do rompimento da barragem da mineradora Samarco, no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), 11 pessoas ainda seguem desaparecidas; dos 13 corpos encontrados, oito foram identificados como vítimas do acidente

Depois do rompimento da barragem da mineradora Samarco, no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), 11 pessoas ainda seguem desaparecidas; dos 13 corpos encontrados, oito foram identificados como vítimas do acidente
Depois do rompimento da barragem da mineradora Samarco, no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), 11 pessoas ainda seguem desaparecidas; dos 13 corpos encontrados, oito foram identificados como vítimas do acidente (Foto: Gisele Federicce)

Minas 247 – Depois de três semanas do rompimento de uma barragem de rejeitos de minério da empresa Samarco, em Mariana (MG), foi encontrado o 13º corpo próximo ao distrito mais atingido pela tragédia, o de Bento Rodrigues.

Ao todo, há oito corpos oficialmente reconhecidos como vítimas do acidente – outros quatro aguardam identificação e, portanto, não são relacionados ao caso até o momento. Há ainda 12 pessoas desaparecidas, entre moradores e funcionários da mineradora.

O rompimento da barragem de Fundão liberou mais de 35 milhões de m³ de rejeitos na região, destruindo diversas cidades e contaminando completamente o Rio Doce, que abastece as pessoas que moram no local. Os rejeitos chegaram ao mar do Espírito Santo. Este foi o maior desastre ambiental da história do Brasil.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247