18 militares são presos em operação da Polícia Civil

Operação Dilúvio acontece simultaneamente em 33 municípios goianos e prendeu, além de policiais, outros 58 suspeitos; os militares foram detidos na cidade de Goianira; cerca de 500 policiais civis foram escalados para, com o apoio da Polícia Militar, cumprir 105 mandados de prisão e de busca e apreensão no Estado; acusações são de ligações com tráfico de drogas e homicídios

18 militares são presos em operação da Polícia Civil
18 militares são presos em operação da Polícia Civil

Agência Brasil_ Dezoito policiais militares de Goiás foram presos nesta quinta-feira, acusados de envolvimento em crimes como homicídios e tráfico de drogas. As prisões foram feitas pela Polícia Civil do estado que deflagrou a Operação Dilúvio na madrugada de hoje, como parte da Operação PC27, que acontece em todo o país.

A Operação Dilúvio acontece simultaneamente em 33 municípios goianos e prendeu, além do policiais, 58 suspeitos. Os militares foram presos na cidade de Goianira, a cerca de 20 quilômetros da capital, Goiânia. Cerca de 500 policiais civis foram escalados para, com o apoio da Polícia Militar, cumprir 105 mandados de prisão e de busca e apreensão no estado.

Segundo a assessoria da Secretaria Estadual da Segurança Pública e Justiça, as prisões dos militares não tem qualquer ligação com as denúncias de que policiais estejam envolvidos em assassinatos de moradores de rua ou no desaparecimento de pessoas, após abordagem policial. Os casos foram registrados na região metropolitana de Goiânia.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247