62% dos municípios com suspeita de desmonte devem ser fiscalizados até sexta-feira

Ontem, a coordenadora da Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP), procuradora de Justiça Vanja Fontenele, recebeu do TCM a segunda leva de relatórios das fiscalizações contra os desmontes nas prefeituras, após as eleições. Os documentos relatam informações das cidades de Canindé, Itapiúna, Limoeiro do Norte, Paramoti, Quixadá e Redenção. Na próxima semana, serão entregues os relatórios das cidades de Amontada, Caridade, Miraíma, Mulungu, Trairi e Uruburetama

Ontem, a coordenadora da Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP), procuradora de Justiça Vanja Fontenele, recebeu do TCM a segunda leva de relatórios das fiscalizações contra os desmontes nas prefeituras, após as eleições. Os documentos relatam informações das cidades de Canindé, Itapiúna, Limoeiro do Norte, Paramoti, Quixadá e Redenção. Na próxima semana, serão entregues os relatórios das cidades de Amontada, Caridade, Miraíma, Mulungu, Trairi e Uruburetama
Ontem, a coordenadora da Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP), procuradora de Justiça Vanja Fontenele, recebeu do TCM a segunda leva de relatórios das fiscalizações contra os desmontes nas prefeituras, após as eleições. Os documentos relatam informações das cidades de Canindé, Itapiúna, Limoeiro do Norte, Paramoti, Quixadá e Redenção. Na próxima semana, serão entregues os relatórios das cidades de Amontada, Caridade, Miraíma, Mulungu, Trairi e Uruburetama (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - A coordenadora da Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP), procuradora de Justiça Vanja Fontenele, já recebeu do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), a segunda leva de relatórios das fiscalizações contra os desmontes nas Prefeituras após as eleições municipais.

Os documentos relatam informações das cidades de Canindé, Itapiúna, Limoeiro do Norte, Paramoti, Quixadá e Redenção, em vistorias do TCM que ocorreram entre os dias 24 a 28 de outubro. Na próxima semana, serão entregues os relatórios das cidades de Amontada, Caridade, Miraíma, Mulungu, Trairi e Uruburetama. Foram registradas 49 denúncias de práticas de desmonte em 37 municípios cearenses.

Segundo o diretor-geral do TCM, Juraci Muniz, até o final da semana, a comitiva fiscalizatória do Tribunal de Contas e Ministério Público já terá vistoriado 23 cidades, referente a, aproximadamente, 62% dos municípios denunciados. Na próxima semana, serão entregues os relatórios das cidades de Amontada, Caridade, Miraíma, Mulungu, Trairi e Uruburetama. Foram registradas 49 denúncias de práticas de desmonte em 37 municípios cearenses.

A procuradora Vanja Fontenele  explicou que estão sendo realizadas duas análises técnicas. "O TCM acompanha a questão da improbidade e o MPCE a parte da responsabilidade penal e também com o objetivo de obter o ressarcimento de algum prejuízo que seja por ventura constatado". Segundo ela, as fiscalizações continuarão até o início do mês de dezembro.

 

Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério Público do Estado do Ceará

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247