67% dos consumidores querem presentear no Dia das Mães

Realizada entre os dias 24 e 30 de abril, a pesquisa apresenta um crescimento percentual de 5% na intenção de presentear as mães se comparado aos dados do ano passado, quando a intenção de compras registrou o índice de 62%. Em relação aos produtos que pretendem comprar para presentear a mãe, os itens de vestuário disparam com 40,08% da preferência dos consumidores. E, pela primeira vez, aparece na pesquisa quem pretenda presentear dando o moderno tablete.

67% dos consumidores querem presentear no Dia das Mães
67% dos consumidores querem presentear no Dia das Mães

Alagoas247 - O Dia das Mães, comemorado no segundo domingo de maio, repercute positivamente no comércio. Aquecida pelas homenagens feitas pelos filhos, à data representa o segundo melhor período de vendas para o setor. E, para este ano, a expectativa é de que 67% dos consumidores de Maceió comprem presentes para suas mães, conforme aponta a pesquisa desenvolvida pelo Instituto Fecomércio de Estudos, Pesquisas e Desenvolvimento de Alagoas (IFEPD – Fecomércio/AL).

Realizada entre os dias 24 e 30 de abril, a pesquisa apresenta um crescimento percentual de 5% na intenção de presentear as mães se comparado aos dados do ano passado, quando a intenção de compras registrou o índice de 62%. 

Como consequência, houve redução no percentual de consumidores que não irão presentear suas mães. Este ano, o registrado é de 33% (em 2012 foram 38%). Entre as razões desta negativa, o endividamento e o fato de não ter a quem presentear aparece empatado, respondendo cada um por 23,44% dos consumidores; o que totaliza quase metade dos que não irão presentear (46,88%). O desemprego (16,41%) e a falta de costume de dar presentes (7,03%) também são alguns dos motivos sinalizados pelos entrevistados.

A pesquisa demonstra também que, com ou sem presente, a maior parte dos consumidores irá comemorar o Dia das Mães: 92% dos entrevistados pretendem celebrar a data, contra apenas 8% que não comemorarão. A casa dos pais (36,42%) ou a própria casa (35,45%) surgem como locais escolhidos para a comemoração, seguidos de restaurantes (14,06%), casa de parentes (8,63%), outros (2,88%) e casa de amigos (2,56%).

Quando questionados sobre os valores que pretendem gastar com presentes, cerca de 10% dos consumidores irão desembolsar até R$ 50,00; 25,68% entre R$ 51,00 e R$ 100,00; 17,72% entre R$ 101,00 e R$ 150,00’; 10,12% entre R$ 101,00 e R$ 150,00. As faixas de valores compreendidos entre R$ 151,00 e R$ 300,00 totalizam 30,36% da intenção dos entrevistados. O menor percentual foi registrado para valores acima de R$ 400,00 (7,39%).
Vestuário
Em relação aos produtos que pretendem comprar para presentear a mãe, os itens de vestuário disparam com 40,08% da preferência dos consumidores. Em segundo lugar, com 7,39%, aparecem aparelhos celulares e smartphones, seguidos de bolsas e assessórios (6,23%), calçados (5,84%), joias e bijuterias (5,84%). Os eletrodomésticos também aparecem como opção dos entrevistados, sendo o microondas (4,67%) e a geladeira (3,11%) os mais cotados entre o gênero. Mas há quem pretenda presentear com um item mais moderno: tabletes (1,56%), que pela primeira vez aparece na pesquisa de intenção de compras para as mães.

Com assessoria

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247